Resenha - A vez da minha vida

7 comentário(s)

Muitos conhecem a autora Cecelia Ahern pelo famoso “P.S.: Eu te amo”. Sucesso merecido, sem dúvidas.
Mas posso afirmar que está em “A vez da minha vida” a sua obra que mais me encanta. Faltam-me palavras para descrever o quanto esse livro me emociona e diverte. Tentarei.

Em A vez da minha vida, conhecemos Lucy, a cômica e mentirosa autora em primeira pessoa da história.
É fácil amá-la nas primeiras páginas e odiá-la em muitas que virão.
Lucy tem a vida que seu pai não pediu a Deus que ela tivesse. Uma carreira pouco promissora, em um escritório onde apelida a todos com quem trabalha – e onde não tem vínculo afetivo com ninguém, além de ser mais um palco para suas mentiras constantes –, um ex-namorado maravilhoso que a abandonou, um apartamento minúsculo e com o carpete sujo, amigos que a acusam de coisas que não fez, e um gato que não decide se é fêmea ou macho, e que, ainda por cima, vive como clandestino no prédio.
Mas, segundo ela, tudo ia bem.
Até que recebe uma carta de Vida, para que se encontrem.
A surpresa de Lucy – e de todos nós – é que Vida, não apenas é uma pessoa normal, como é um homem.

“– Então – ela se animou novamente –, você se encontrou com ela?
– É um ele, na verdade. Eu o conheci semana passada.
– Ele?
– Fiquei surpresa também.
– Ele é bonito? – Mamãe deu uma risadinha.
– Mamãe, credo, ele é minha vida!” (Pág. 120).

A partir da entrada de Vida – ou Cosmo, se preferir – a história fica cada vez mais engraçada e emocionante.
Ao longo do texto, temos surpresas, que vêm costuradas com maestria pela autora, em meio a diálogos impagáveis e extremamente bem-humorados, romances, desentendimentos familiares e profissionais e muitas mentiras. A vida de Lucy realmente se complica quando Vida decide revelar uma verdade para cada nova mentira que ela contar – mas a nossa, se torna muito mais divertida.
O romance do livro é super fofo, mas prefiro não contar detalhes, para não estragar a surpresa de ninguém (citar o nome do par romântico já poderia ser desagradável), mas posso garantir duas coisas:
1.       Às vezes, os números errados estão certos (ou seria sempre?)
2.       Vocês não vão se decepcionar com o romance, apesar de a vida de Lucy ser explorada como um todo na narrativa.

A verdade é que já estou com saudade de Lucy e de Vida. E, principalmente, das conversas e discussões que eles tinham.
                                  
“– Você está tendo um colapso nervoso? – Vida perguntou, com falsa preocupação. – Porque, se você estiver, vou ter que voltar para o escritório e preencher alguns documentos. Puxa, e tinha acabado de arquivar as suas crises nervosas. Típico de você! – bufou” (Pág. 343).

O final do livro é encantador e, apesar de previsível, deixa qualquer um suspirando. Apenas em uma explicação sobre “Vida” achei que a autora pecou um pouco, mas não me atrevo a não dar nota máxima ao livro por isso. Qualquer deslize é perdoado (além de ser subjetivo, claro) em meio a uma obra tão rica e que tanto acrescentará a todos os seus leitores. Se você, ao terminar o livro, não estiver torcendo para receber uma carta da sua vida, ou ao menos, tentado a refletir sobre ela, garanto que terá dado boas risadas ao longo dessa história tão agradável.

Trecho: “Minha vida precisava de mim. Ela estava passando por um momento difícil e eu não estava prestando atenção suficiente nela (...). Havia completa e totalmente ignorado minha vida. E agora ela tinha escrito para mim, me convocando, e havia apenas uma coisa a fazer. Tinha que me encontrar com ela, cara a cara” (Pág. 8).

Informações:
Título: A vez da minha vida
Subtítulo: E se você tivesse a chance de mudar a sua vida?
Autora: Cecelia Ahern
Gênero: Romance
Editora: Novo Conceito
Páginas: 384

Borboletas azuis:





Agradecimentos à editora Novo Conceito, por ceder o livro para o blog. Saiba mais sobre ele clicando aqui.


7 comentários:

Natalia Dantas disse...

Oi, Fabi!
Parabéns pela resenha!
Bem, esta é a primeira resenha que leio sobre esse livro e fiquei apaixonada! Espero poder ler logo esse livro!

Beijos :*
Natalia.
http://musicaselivros.blogspot.com.br/

Gladys Sena disse...

Essa Cecelia sabe como emocionar, não é mesmo?

Estou bem curiosa para lê-lo, ;)

Menina D. disse...

Estou super curiosa para ler esse livro, mas estou com dois livros dessa autora para ler antes, então provavelmente só vou conseguir ler ele no ano que vem.
Parabéns você conseguiu despertar ainda mais minha vontade de ler A vez da minha vida!
Beijos

http://densidadefemininaa.blogspot.com.br/

NARA disse...

Eu apenas assisti o filme P.S. eu te amo e fiquei louca quando descobri que tem o livro.... desde então estou alucinada tentando ganhar.... agora que ela lançou esse novo, também está na lista dos mais desejados. Quero muito. Amei a resenha.

Daniele Nhasser disse...

Adorei a resenha , nao é de hoje que esse livro vem me despertando interesse , depois de ler fiquei fascinada .

Lindo post e parabens pelas escolhas dos quotes

Cris Aragão disse...

Eu acabei de ler o livro e também gostei bastante. A Lucy é uma adorável mentirosa que só prejudica a si mesma e à sua vida.

Jaqueline Silva disse...

Ah amei a resenha. Eu já estava louca por este livro, agora então nem se fala. Parece ser muito bom e bem divertido.

Beijokas

Jaque - Meus livros, meu mundo.

Postar um comentário