Dica Nacional: Carolina Ribeiro

8 comentário(s)
Carolina Ribeiro está na Dica Nacional desta semana. Autora de uma trilogia ("Dama da noite") e outros romances, ela merece reconhecimento pelo belo trabalho que vem desenvolvendo. Descubra mais a seguir.


Entrevista com a autora:

1.  Carolina, muito obrigada pela entrevista. Comece falando um pouco sobre sua trilogia “Dama da Noite”.
Eu que agradeço pela oportunidade. Vampiros e coisas relacionadas ao sobrenatural sempre me fascinaram e, como eu sempre gostei muito de escrever, vi uma boa oportunidade de juntar os dois. Jane é uma mulher que se dedica muito ao trabalho de detetive da polícia londrina e fica órfã muito cedo, primeiro seu pai morreu em um acidente de avião – supostamente – e, alguns anos depois, sua mãe também morre de uma doença terminal. A reviravolta começa quando um total desconhecido, Lucas, aparece e afirma que há segredos a respeito da família de Jane que ela desconhece. Quando comecei a escrever, tinha pequenas ideias do que queria para a história, mas não sabia como começaria nem como terminaria. Fui escrevendo, escrevendo e quando vi, tinha dado certo.

2.  Conte agora um pouquinho sobre seus demais títulos, inclusive o novo projeto “Anjos Caídos”.
Depois de Dama da Noite, percebi que não conseguiria ficar sem escrever e nas férias de 2011 e 2012 decidi começar um novo projeto. No seriado britânico “The Promise” encontrei um pouco de inspiração para escrever “Abadia Lockwood,” onde há constantes intervalos entre as narrações de Lydia – a protagonista da história nos dias atuais – e Elizabeth – a protagonista da história da década de 1920.
Voltei a trabalhar com o sobrenatural em “Anjos Caídos”, em que o protagonista é um anjo expulso do céu e que caiu na Terra para uma espécie de exílio e se encontra totalmente perdido e em conflito consigo mesmo. Não posso dizer muito a respeito do livro para não estragar as surpresas.

3.   De todos os personagens que você já criou, algum deles tem um significado especial para você?
Creio que a primeira personagem que criei seja a protagonista de “Dama da Noite”, Jane Wanddington. Jane é uma mistura da minha personalidade com a de pessoas que admiro, então acabei dando-lhe um pouco de dedicação. Há também Lucas, que apresenta Jane ao mundo dos vampiros; ele é especial por causa de seu nome, eu o dediquei a um colega que faleceu na época em que eu estava começando a escrever o livro.

4.  Quando foi que você decidiu que se tornaria escritora? Qual sua maior inspiração?
Minha inspiração sempre foram os livros e até mesmo alguns filmes. Eu sempre tive aptidão pela leitura e vivia criando mundos novos em minha mente, até o dia em que decidi comprar um caderno de capa dura de uma matéria e escrever todas as minhas ideias. É claro que os primeiros rascunhos foram horríveis. Comecei a escrever o primeiro livro para valer em 2007 – quando eu tinha apenas 12 anos –, o primeiro volume da trilogia.

5.  Qual é sua rotina de escrita?
Com os estudos sendo prioridade, eu tenho o costume de escrever nos fins de semana e nas férias, mas quando alguma ideia surge no meio do dia ou quando estou longe do notebook, eu sempre escrevo em alguma agenda ou caderno para, futuramente, aplicar nos livros.

6.  Como você vê o mercado editorial para jovens escritores?
Desafiante. Acho que esse mercado deveria ser mais facilitado, pois há tantos jovens autores bons espalhados pelo país e que não têm a oportunidade de publicar seus trabalhos.  Eu mesma já entrei em contato com algumas editoras na tentativa de publicar meus livros e não tive sucesso, mas ainda não desisti. O problema é que você tem que desembolsar uma quantia alta para ver seus livros publicados, por isso, no momento, optei por um meio independente para publicar meus livros.
Obs: Nota da autora do blog – Só deixando claro que essa é a opinião da Carolina, eu também não tive meios de pagar pela publicação dos meus livros, e publiquei sem custos, como já contei em outros momentos aqui no blog. Mas concordo com ela sobre as dificuldades do mercado. 

7.  Deixe um recado a todos os leitores do Blog Reino Xadrez.
Gostaria de dizer que adorei e tive o maior prazer em participar da entrevista e de estar fazendo essa parceria com a Fabiane. E não deixem de visitar meu blog.

Imagens das capas dos outros livros de Carolina:

 

A autora:
Carolina Ribeiro nasceu em Brasília, tem 17 anos e já escreveu quatro livros. Está no fim do Ensino Médio e quer cursar Relações Internacionais na UnB – Universidade de Brasília. Sua aptidão pela leitura vem desde que era pequena e começou a escrever aos 12 anos. 


No blog da autora você pode saber mais sobre seus trabalhos, fazer download de partes dos livros e ter acesso aos links de compra. Visite clicando aqui.

Obrigada, Carolina. Muito sucesso!




8 comentários:

Luquinhas disse...

Lembrei um pouco de Crepúsculo, mas por ser nacional deve ser mais legal haha... Sem puxar saco, mas os autores nacionais estão com tudo!
Vou visitar o blogue da Carolina (sua xará de sobrenome né?) e pesquisar mais sobre os livros.
Parabéns pela entrevista, ela é muito simpática

Anônimo disse...

Oi Fabi.
As entrevistas sempre ótimas.
Achei a Carol (intimidade rsrs) super fofinha, tomara que ela consiga publicar os livros, parecem ser bons, gostei principalmente desse de capa verde..adoro castelos! rsrs. Bjs
Luciana

Fabrica dos Convites disse...

Oi Fabiane, não conheço o trabalho da autora, mas vou anotar os títulos para ler futuramente.
Bjs, Rose.

Viviane disse...

Eu sei que realmente muitos autores não pagam para publicar. Mas sei que muitos acabam optando por essa forma. Sei lá, sou meio contra pagar para publicar, acho que vcs tem que receber por esse talento.
Eu seu da sua história, Fabi. Parabéns!
E vou torcer pa Carol conseguir uma editora que não cobre tbm.

ps: adorei parte em que ela diz que começou a ecsrever com 12 anos. Muito esforçada.
Beijionhs

Fabiane Ribeiro disse...

Oi pessoal!
Obrigada por esses comentários lindos e por estarem prestigiando e apoiando a literatura nacional!
A Ana Carolina parece mesmo ser muito talentosa. Fiquei feliz que tenham gostado da entrevista.

Um beijão,
Fabi

Carolina Ribeiro disse...

Olá pessoal! Vocês não tem ideia do quanto fico feliz em saber que tenham gostado e se interessado pelos meus livros. Agradeço pelo carinho de todos e pela oportunidade da Fabi. Beijos!

Michele Rodrigues disse...

Nossa é um dom mesmo escrever né ??? Ja pensou com 17 anos 4 livros ?? Muito bacana , eu amo esse universo sobrenatural (que veio pra ficar alias ) , e fiquei muito interessada em ler os livros da Carol ,muito bacana e as capas sao lindas . Bjus

Fabiane Ribeiro disse...

Oi Michele,
Nem me fale... a Carolina começou super cedo, né? É um dom mesmo! Acho que os livros devem ser excelentes!

Carol, precisando, pode contar com o seu espaço aqui no blog!

Beijos, meninas!

Postar um comentário