Resenha - Branca de Neve e o Caçador

19 comentário(s)

Eu nunca havia lido um livro escrito a partir do roteiro de um filme, geralmente faço o contrário. Achei que a experiência foi válida.
O filme Branca de Neve e o Caçador tem uma boa história, a partir do conto original, tornando-o sombrio e ainda mais repleto de aventuras.
Sendo assim, é de se esperar que o livro baseado nessa história seja bom. E ele realmente é. Porém, não apresenta novidades quanto ao roteiro original. Eu me sentia lendo um roteiro rebuscado, pois já assisti ao filme. Temos muitas das falas transcritas com exatidão no romance, além de as cenas, no geral, apresentarem pouquíssimas mudanças.
Então, analisando o livro de forma isolada, ele acabou sendo um pouco superficial e corrido, mas a história não deixa de ser encantadora.
Ravenna teve sua aldeia destruída pelo rei quando pequena e, na ocasião, a mãe fez um feitiço dando-lhe poderes e conferindo uma magia especial à linda filha:

“– Agora, você terá o poder de roubar juventude e beleza. Porque esse é o seu poder derradeiro e sua única proteção [...]. Saiba – gritou – que pelo mais belo sangue isso foi feito e somente pelo mais belo sangue pode ser desfeito” (Pág. 16)

Assim, a mãe criara uma mulher perversa, capaz de fazer coisas terríveis para alcançar seus objetivos e manter sua beleza.
Os anos se passam, até que, em uma batalha, Ravenna atrai o rei, que estava viúvo. Encantado com sua beleza, logo eles se casam.
Na noite do casamento, imediatamente após a cerimônia, ela mata o rei e toma o reino em seu poder, tornando a princesa, Branca de Neve, uma prisioneira do castelo.
O tempo passa e Branca de Neve se torna uma linda jovem, e encontra, após anos de prisão e solidão, a força e a ajuda necessárias para fugir do castelo. Aí sua aventura começa.
Ravenna, desesperada pelo enfraquecimento de seus poderes, faz de tudo para encontrá-la.
Mas Branca de Neve recebe a ajuda de pessoas especiais que encontra pelo caminho, principalmente dos anões e do Caçador.
Ele era um homem amargurado pela morte da esposa e estava sem rumo na vida, quando Ravenna o encontra e o faz entrar na Floresta Sombria atrás da princesa.  A rainha má com certeza não esperava que seu plano acabasse por gerar um lindo casal, que lutaria para recuperar o trono herdado por Branca.
O livro tem romance, aventura, fantasia, guerras e feitiços.
Apesar dos probleminhas descritos no início da resenha, não deixa de ser uma leitura agradável, principalmente para aqueles que, assim como eu, gostam do conto original.

Trecho: “A garota estava em algum lugar fora das muralhas do castelo, com seu coração ainda batendo dentro do peito. Ainda estava viva. Ravenna havia perdido a chance. Tantos anos trancada naquela torre e agora Branca de Neve havia escapado. A rainha se perguntava por que não havia percebido aquilo antes. Aqueles lábios vermelhos, aquela tez clara, impecável. Cabelos negros como a noite. Sua beleza natural sempre esteve ali, esperando para ser consumida” (Pág. 64)

Informações:
Título: Branca de Neve e o Caçador
Autores: Lily Blake; Evan Daugherty; John Lee Hancock; Hossein Amini
Gênero: Romance, Aventura
Editora: Novo Conceito
Páginas: 208


Borboletas azuis:




Agradecimentos à editora Novo Conceito, por ceder o livro para o blog. Saiba mais sobre ele clicando aqui.

19 comentários:

HONORATO, Sandro disse...

Boa noite Fabiane :)
Como vai?
Olha,eu não sou fã da história clássica/original mas confesso que pela sinopse e pela sua resenha vale a pena dar uma conferida :)

Beijos e cuide-se

RIMAS DO PRETO

Fabiane Ribeiro disse...

Olá Sandro!

Vale a pena conferir sim, eu acho que vc iria gostar dessa versão mais sombria hehe...
Depois me conte!

Um beijão,
Fabi

NARA DIAS disse...

Grande vontade de ler... tenho verdadeira paixão por contos de fadas e sempre curto mais assistir os filmes primeiro e depois os livros.... para não haver decepção. Já tá na minha lista do SKOOB.

Fabiane Ribeiro disse...

Nara,
desta vez inverti a ordem e assisti ao filme primeiro, mas me arrependi hehe...
Tenho certeza de que vc gostará de ambos!

Um beijão

Jessica Rocha(jesse) disse...

Parabéns pela resenha,apesar de assistido ao filme estou curiosa para ler o livro.Beijos!!

Loukuras Poéticas disse...

ainda nao assisti o filme, quero ler o livro primeiro, e com a sua resenha, mina vontade aumentou ;)

Gabriel Rezende Silva disse...

Sou loquinho por este livro juntamente com todo o kit.
Simplesmente é muito lindo o bloquinho de maçã.
Adorei a resenha.

Juliana Mendes disse...

Adorei a resenha! Ainda não vi o filme, quero ler o livro primeiro, para ver as diferenças sabe?
Parabéns pela resenha! :)

Beijos,

@SalaodeLivros

Irinia Zachello disse...

Eu quero muito ler esse livro, até porq acompanho a série Once Upon a Time, e me encantei com tantas versões dessas histórias infantis, esses clásicos infantis no caso.

Parabéns pela resenha.

http://livroseuquerolersempre.blogspot.com.br/

Francisco Nascimento disse...

vi o filme e com certeza vou ler o livro,essa resenha é muito boa, adorei.

Mariane Wagatsuma disse...

Vi o filme e gostei! pela resenha o livro parece ser bem legal tbm

Cris Aragão disse...

Quando vi que esse livro ia ser lançado e que era baseado no roteiro do filme fiquei com um pé atrás, mas pelas resenhas que tenho lido parece ser um bom livro. E a edição é super bem cuidada e ilustrada, o que por si só já faz o livro valer a pena.

Manu Hitz disse...

Acho bem legal que os clássicos contos de fadas sejam recontados com ideias modernas. Gostaria de ler o livro, sim. Só espero q não continue passando a imagem da princesa frágil e passiva.

Rafaela Arraes disse...

Como eu não cheguei a ver o filme ainda, gostei bastante do pouco que li da história! E olha que eu sou chata, não gosto de qualquer coisa rs

Bianca Lima . disse...

Já li livro e confesso que esperava mais da escrita, porém nele contém algumas partes à mais sobre a madrasta, o que é bem interessante. E o legal também, é que o livro não segue um roteiro certinho do filme, há algumas mudanças.

Bruna disse...

Eu quero muito ler esse livro... Parece ser otimo :)

Maristela G Rezende disse...

Eu ganhei esse livro. quando o li me envolvi tanto na história que quando dei por mim o livro já estava no fim. Agora quero ler Branca de neve tem que morrer. Gostei muito da resenha, está maravilhosa.

Karol Ramos disse...

Será que só eu tenho a sensação de que livro deveria ser só livro e fime ser só filme?Alguns filmes alcançam a proeza de serem exatamente como os livros, porém outros não. Fiquei interessada em ler este livro a partir do filme. E sinceramente, não sei dizer se gostei ou não. Pela sua resenha continuo sentindo o mesmo. Ela está divina, mas mesmo assim não mudou minha opinião em relação ao livro. A capa é sensacional. Chama a tenção sim, mas acho que criei expectativas demais e me frustrei. Parabéns pela resenha.

Michela Delgado disse...

Amei a resenha.
Tenho grande vontade de ler esse livro, gosto muito de contos de fadas, e estou adorando essas novas adaptações deles.
A capa ficou linda!

Postar um comentário