Entrevista com o escritor Paul Law

5 comentário(s)
Olá queridos leitores!! Trago hoje mais uma entrevista com um excelente autor nacional, que vem conquistando seu espaço. O Paul é um velho conhecido, moramos em cidades vizinhas e, há alguns anos, ele foi meu aluno de inglês. Foi uma surpresa muito grata quando reencontrei o Paul, desta vez, pelos caminhos da literatura! Aproveitem a entrevista, que está super legal e fiquem de olho no blog, pois já estou com os livros do Paul para resenha!!


Entrevistado: Paul Law é o pseudônimo de Paulo Antonino Scollo Junior, homem simples, que vive em Mogi Guaçu/SP, junto da esposa e da filhinha. É advogado, escritor e estudante de Letras.


1.   Paul Law, muito obrigada pela entrevista. Comece falando um pouco sobre sua trajetória literária.

Eu que te agradeço pela oportunidade de falar um pouco do meu sonho. Bem, eu sempre gostei de inventar histórias, personagens e mundos. Posso dizer, então, que não houve um começo certo, mas um amadurecimento. Eu desenhava antes de ser escritor e fui percebendo que gostava muito de bolar histórias.

2.  De todos os personagens que você já criou, algum deles tem um significado especial para você?

Acho que todos são especiais e não consigo escolher um. Mas simbolicamente, Ester tem uma energia que me agrada muito.

3.   Fale um pouquinho de cada um de seus livros publicados

Ester foi meu primeiro livro publicado. Eu estava escrevendo e colocando os capítulos num site de publicação on-line. Depois de um tempo, ganhei a publicação do site por causa do sucesso da história. Apostei no livro e produzi exemplares de forma independente. Xeque-mate foi meu segundo livro e foi lançado este ano pela editora Multifoco. Agora, vou lançar La Bandida pela Mutuus e estou muito feliz.

4.   Agora, conte um pouquinho sobre seu novo lançamento, “La Bandida”.

La Bandida é um livro rápido, de história intensa narrada num ambiente “faroeste”. Ele é sobre a trajetória de uma bandida no intuito de obter sua vingança. A gente pode acompanhar a evolução da personagem, seus pensamentos e sua mudança de perspectiva ao longo da história.

5.    O que te inspirou para escrever um livro com a temática de velho oeste? Você pesquisou muito, assistiu filmes relacionados?

Acho que minha maior inspiração foi a vontade, como acontece ainda com outros projetos que tenho desenvolvido. Havia assistido a alguns filmes e lido revistas em quadrinhos antigas, mas na hora da escrita eu não consultei nada. Fui escrevendo...

6.   Qual é sua rotina de escrita?

Eu sou uma pessoa que tenta não organizar rotinas. Gosto de sentir o momento; de percebê-lo chegando. Pode ser de manhã, tarde, noite, madrugada, não há um momento predeterminado. A vontade vem e eu escrevo. Funciono com liberdade. Claro que acontece de eu estabelecer um prazo para desenvolver uma história. Acontece também de eu estou escrevendo alguma coisa, vem a ideia de outra e paro com o que estou fazendo para não deixar escapar o que está vindo.

7.   Qual seu maior sonho como escritor?

Acho que nisso, nós escritores somos todos parecidos. Queremos que nossas histórias sejam lidas pelas pessoas; comentadas, editadas, traduzidas, enfim, espalhadas para o maior número possível de leitores. Eu quero ser lido, só isso.


8.   Algum projeto literário para o futuro? Se puder, conte um pouquinho sobre ele.

A gente sempre tem! Eu tenho percebido que escrever faz bem para o escritor, mas do que ele se dá conta. Tenho uma história de uma super-heroína que estou desenvolvendo, na qual procuro explorar a questão de bem e mal. Tenho um projeto legal de fazer uma nova edição de Ester, num pacote especial com mais dois livros inéditos Edissa e Estela.  As capas estão lindas! A diagramação, especial. Com a ajuda de amigos a gente pode mais.

9.    Deixe um recado a todos os leitores do Blog Reino Xadrez.

Gostaria de agradecer aos leitores do blog por estarem conhecendo um pouquinho do meu trabalho. O Blog Reino Xadrez é um espaço muito bacana, que divulga, apoia e faz a Nova Literatura. É uma honra estar aqui. Ah, e espero todos vocês sábado dia 10 de dezembro na Livraria Nobel aqui de Mogi Guaçu para o lançamento de La Bandida!  

Visitem o blog do escritor, aqui
E o site de seu lançamento, La Bandida, aqui.

5 comentários:

Paul Law disse...

Muito obrigado pela possibilidade de falar do meu sonho, Fabiane.

É bom contar com amigos, sempre.

Abraços!

Sidnei Salazar disse...

Paulinho, parabéns! Você vai longe.
Dia 10 estarei aí.
Um grande abraço.

Bianca. S. disse...

Parabéns pela entrevista, adoro conhecer novos autores nacionais.

Infelizmente não posso ir no lançamento, pois moro longe.

Sucesso!

Blake disse...

Adorei a entrevista!!!
Paul Law muito sucesso!!!

BjO

Fabiane Ribeiro disse...

Eu que agradeço, Paul.
Que bom que o pessoal está gostando da entrevista!!beijoss

Postar um comentário